quarta-feira, 15 de agosto de 2012

O Pilates na atualidade


O repertório original de 34 exercícios de Pilates tem sido expandido 
e modificado por instrutores e organizações de certificado pelo mundo. 
Entretanto, o foco em fortalecimento e alongamento do corpo 
permanece como um ingrediente essencial de treino. 
Hoje, a maioria dos instrutores tem sua origem traçada a partir do
estúdio de Fletcher,em Los Angeles.
Fletcher possuía um conhecimento profundo do sistema, 
tendo adicionado importantes contribuições a ele.
Sua presença e influência alcançaram grandes dimensões,
criando um grande fluxo de formação de instrutores, 
ao longo da Califórnia, do Texas, Colorado e, em última instância, no mundo. 

A segunda geração de instrutores é bastante vasta e 
inclui nomes como: Bárbara Huttner,Steve Giordano, Jillian Hessel, Fran Lehen,
 Deborah Lessen, Michele Larsson, Mary Kasakove e Brenda Anderson. 
Atualmente, a quinta geração de instrutores difunde a técnica para o grande público,
introduzindo-a em centros de fitness, universidades, escolas de dança, clínicas, 
centros de reabilitação e hospitais. O maior reconhecimento internacional da técnica, 
no meio científico, começou a acontecer em 1984, com o Centro de Medicina 
dos Esportes de Saint Francis Memorial Hospital, em São Francisco. 
O Centro Saint Francis abriu um espaço para reabilitação de dançarinos e atletas, 
utilizando a técnica de Pilates. 
O trabalho do Saint Francis foi incorporado na medicina social e em programas de 
conhecimento físico e prevenção de disfunções músculo-esqueléticas.
Elizabeth Larkam, dançarina e instrutora de Pilates, co-autora do projeto, 
foi uma das principais responsáveis pelo êxito do trabalho. Ela acabou por 
associar-se aBrent Anderson, fisioterapeuta, na criação da Polestar Education,
em 1990. Brent, intrigado com uma técnica que produzia resultados tão satisfatórios 
(apesar das extremas divergências de estilo entre os instrutores da primeira geração, 
com quem estudou), dedicou-se ao estudo dos princípios comuns desse sistema de
exercícios. 
Uma maior fundamentação científica foi incluída, surgindo, com a Polestar Education,
o primeiro currículo de Pilates para a reabilitação.